CUT avalia que queda dos juros poderia ser mais acelerada

Republico matéria do site da CUT

Taxa Selic está no menor patamar da história do país, mas Brasil ainda é campeão em taxa de juros

Escrito por: CUT Nacional

A queda de 0,5 ponto percentual na taxa Selic, definida nesta quarta-feira (29) pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, é uma medida positiva, mas as taxas precisam cair mais.

A CUT avalia que a contínua queda de juros está na direção correta, mas poderia ser um pouco mais acelerada. A Selic está em 7,5% ao ano, o menor patamar da história do país e muito próximo dos percentuais internacionais, mas o Brasil ainda é campeão em taxas de juros e isso prejudica enormemente a produção.

Para a CUT, tão importante quanto a queda das taxas dos juros é a redução dos spreads bancários. Este ano, os bancos públicos iniciaram um processo de derrubada do spread, mas pararam e houve até uma regressão.

A sociedade tem o direito de se apropriar da redução da Selic. Mas, para isso, os bancos têm de repassar integralmente as sucessivas quedas de juros para o mercado, reduzindo os spreads e as tarifas bancárias cobrados dos clientes.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca