Deputado Francisco do PT dá tiro no pé do governo

Confira!

Numa manobra política, o deputado Francisco do PT pediu e conseguiu retirar da ordem do dia de hoje (30), a votação da PEC das emendas impositivas. Um instrumento importante para o legislativo, que obriga o governo a pagar 50% do valor nos primeiros semestres de todos os anos. A atitude do deputado foi tratada como um movimento para utilizar as emendas como moeda de troca nas futuras discussões da PEC da previdência.

O deputado José Dias afirmou se mostrou surpreso com o requerimento do colega: “É agressão. Colocar no mesmo saco a PEC da previdência e a PEC das emendas impositivas é um verdadeiro absurdo. A PEC da previdência é polêmica, atinge a vida de pessoas que são muito pobres. A PEC das emendas foi assinada por 23 deputados… Não é uma proposta do governo e sim da Assembleia… Nós não poderíamos confundir as cosias… Eles tem que negociar, porque se não negociar não aprovam. Não precisavam agredir desta forma”.

Tirando de pauta, sob o pretexto de ‘debater mais’, o Governo conseguiu acirrar ainda mais os ânimos dos deputados de oposição.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca