Desrespeito

PREFEITA AGE COM DESCASO E DESCOMPROMISSO COM O MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL DA CIDADE DO NATAL – NÃO IMPLEMENTANDO OS 5% NO CONTRACHEQUE

Quando se encontrava em greve o magistério Público Municipal da cidade do natal, a prefeita Micarla de Sousa, alardeou aos quatros cantos da cidade que a greve da rede municipal era de caráter político.

Nessa greve a Prefeita anunciou que estaria repondo 5% das perdas do magistério no mês de abril, e que a greve só existia por que era uma greve com caráter político, sempre reafirmava isso a senhora prefeita Micarla de Sousa, quando usou a imprensa para colocar a população contra o Magistério municipal.

Ao tomar conhecimento de que os contracheques do Magistério da cidade do Natal, não trazia os 5% de reposição salarial acordado na audiência de conciliação e julgamento no Tribunal de Justiça do Estado, a direção do SINTE exigiu esclarecimentos do Gabinete Civil da prefeitura.

Na manhã de hoje (22), alguns diretores do SINTE – Janeayre Souto, Francineide Pereira, Larrúbia Taveres, Enoque Pereira, Fátima Cardoso e Vera Lúcia, foram ao Gabinete Civil da Prefeitura saber o que tinha acontecido.

Kalazans Bezerra, Chefe do Gabinete Civil da prefeitura recebeu a direção do SINTE e relatou que os 5% não estáva no contracheque por que não tiveram tempo hábil para a elaboração de um Projeto de Lei. Segundo kalazans Bezerra, os 5% só pode ser pago com a existência de um Projeto de Lei. Informou ainda que a Prefeita já tinha enviado o Projeto de Lei para a Câmara Municipal e mantido contato com a bancada aliada para aprovação imediata da Mensagem Nº 026/2010, no dia 20/04/2010 – “Concede reposição salarial aos professores da rede municipal, regidos pela Lei Complementar 058/2004, e dá outras providencias.”

Kalazans Bezerra informou ainda que os 5% serão pagos em uma Folha Suplementar, logo após a aprovação da Mensagem Nº 026/2010, e que a Folha Suplementar já se encontra preparada e pronta para ser paga.

A direção do SINTE de pronto repudiou a não implementação no contracheque dos professores da rede municipal. Com essa atitude cada vez mais fica evidente a falta de compromisso e de respeito da prefeita Micarla de Sousa com a educação pública da rede municipal da cidade do Natal e seu descompromisso com o Funcionalismo Público Municipal.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca