Dinheiro tem mas o governo prefere não pagar o total atrasado. Nem o que arrecada dos servidores quer usar para quitar os salários!

Confira!

Temos certeza que se você pegar o seu telefone agora e ligar para a governadora do Estado exigindo o pagamento integral do seu 13⁰ salário de 2018, ela vai mandar dizer que está off.

Na ultima audiência entre o governo do estado e o Fórum dos Servidores, realizada sexta-feira, 7 de maio, o governo deixou bem claro que o servidor público não é prioridade.  Nessa audiência, governo do estado anunciou que só vai usar R$ 108 milhões para pagar parte do 13⁰ salário, lá de 2018. E aí eu pergunto a você: Cadê o resto do dinheiro?  Só com a Reforma da Previdência em nosso Estado, através do confisco mensal de parte dos salários dos servidores de janeiro a maio o governo do estado irá arrecadar algo em torno de R$ 162 milhões. E só irá colocar algo em torno de R$ 108 milhões para pagar parte do 13⁰ salário de 2018?

A verdade é que o governo do estado não quer usar nem o dinheiro que ele confiscou do bolso furado dos servidores para pagar integralmente o 13⁰ salário de 2018.   São R$ 54 milhões que o governo poderia usar a mais, mas não vai, prefere fazer caixa, confiscando parte dos salários dos servidores, fazendo a gestão do estado.  Dinheiro tem, o SINSP mostrou na reunião cada centavo extra que esse estado arrecadou. Não paga porque não quer quitar uma divida que há 30 meses o servidor espera, com o seu bolso vazio. Não cumprindo com sua obrigação básica que é o de pagar o salário dos seus servidores.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca