Direção da CNTE se reúne com presidente da Câmara

Republico matéria do site da CNTE, 01/03

audiencia_marco_maiaNesta quinta-feira (01/03), membros da Direção da CNTE tiveram uma audiência com o Presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), para tratar do projeto que altera as regras de reajuste do piso nacional do magistério. No encontro ficou acertada a criação de uma comissão suprapartidária para buscar uma solução para 2013, que não comprometa as conquistas garantidas pela Lei Nacional do Piso do Magistério.

Em fevereiro, governadores e prefeitos foram à Brasília pedir para o presidente da Câmara que colocasse o recurso para votação em regime de urgência. Para a CNTE, a mudança no índice de correção – que passaria a ser atualizado pelo INPC – vai contra as metas de valorização da profissão de educador previstas no Plano Nacional de Educação (PNE).

O presidente da CNTE, Roberto Franklin de Leão, afirmou: “Nós queremos uma negociação que não se paute somente pelo INPC e que apresente efetivamente ganho real. O espírito da Lei do Piso é de valorização dos trabalhadores de Educação. E só o INPC, vamos admitir, não é um índice que valorize”.

O presidente da CNTE lembrou da proposta do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a Conae, de criar uma mesa de discussão sobre o tema. “Pretendemos encontrar uma saída que nos poupe de todo ano ficarmos nesse desgaste, que é ruim para todos. Professores ficam tensos, governadores e prefeitos também tem seus problemas e isso não é bom para a educação”, disse Leão.

A direção da CNTE entregou a Marco Maia um ofício em defesa da lei do piso, no qual reitera sua postura de negociação. Para ler o ofício na íntegra, é só clicar no http://cnte.org.br/images/stories/noticias/oficio_marco_maia.pdf.

audiencia_marco_maia2Ao final da reunião, o presidente da Câmara confirmou sua intenção de não colocar o projeto em votação até que haja uma negociação sobre a melhor forma de reajuste do piso. “Nós vamos instalar essa comissão e vocês chamam as entidades, os representantes dos governadores, municípios e o Governo Federal. É importante que a negociação avance”, afirmou Marco Maia.

Participaram da audiência, além do presidente da CNTE, a Secretária de Assuntos Municipais, Selene Michelin Rodrigues, o Secretário de Finanças, Antonio Lisboa, e a Secretária de Assuntos Jurídicos e Legislativos, Ana Denise Ribas de Oliveira.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca