EDUCAÇÃO É FONTE DE RESPEITO, O ÓDIO É FRUTO DA IGNORÂNCIA

Da Redação

O nosso site tem se colocado a disposição de toda a categoria dos trabalhadores em educação do nosso estado, seja da rede estadual de ensino e das diversas redes municipais.

O nosso site sempre esteve e estará aberto a todas as pessoas que queiram construir o novo. Até por que a ousadia faz parte da construção e da sabedoria do ser humano.

Recebemos na noite desta segunda-feira (21), uma denuncia sobre o processo eleitoral da Coordenação Regional de Canguaretama. Denuncia essa que abaixo publicamos.

“No primeiro semestre deste ano, em assembleia de trabalhadores da Regional de Canguaretama, foi eleita, democraticamente, a Comissão para gerir o processo eleitoral para direção desta Regional. De acordo com estatuto do SINTE, cabe à Comissão conduzir e coordenar o processo, expedindo todos os documentos necessários à sua segurança, lisura e celeridade.

No dia 04/11/2011 a comissão recebeu, por parte da chapa 01, o pedido de impugnação de Josélia Maria da Silva, candidata da chapa 02, alegando que ela não era sindicalizada na base da Regional de Canguaretama, o que foi averiguado e confirmado pela Comissão Eleitoral, inclusive pela constatação de uma adulteração grosseira do documento oficial da Secretaria Estadual de Administração, no qual foi inserido, por montagem, o nome da referida candidata e atual dirigente da Regional. Sendo assim, e com base no estatuto da entidade, a comissão se valeu da sua autonomia para decidir pela impugnação, votada por unanimidade.

Por insatisfação com a decisão da Comissão Eleitoral, respaldada pelo art. 72, par. 2º, pelos arts. 90 e 91 do estatuto da Entidade, a chapa 02 e os seus apoiadores da Direção Estadual do SINTE/RN empreenderam uma campanha ofensiva contra os membros da Comissão Eleitoral, numa série de atitudes que demonstraram o desespero de todo esse grupo diante da possibilidade de perda do controle da Regional e do enfraquecimento da direção estadual.

O desespero extrapolou o nível do debate político, chegando ao absurdo da atual Coordenadora Geral do SINTE/RN, Maria de Fátima Oliveira Cardoso, agredir verbal e moralmente a presidente da Comissão Eleitoral, a professora Ivette Maria Galdino Alves dos Santos, ameaçando-a de “destituí-la da comissão eleitoral”, confirmando que agora ela “iria entrar de cabeça na defesa da chapa de Josélia”, que também essa era uma “questão pessoal” e que ela “não entra em uma eleição para perder”.

As ameaças de Maria de Fátima Oliveira Cardoso à professora Ivette tiveram dois resultados imediatos: primeiro, uma crise para a professora, cuja família ficou chocada e indignada com a agressão por que ela passou dentro da própria casa; segundo, mais um episódio de utilização da categoria ao bel prazer desse grupo que está no SINTE/RN. Por esse motivo foi feita a convocação de uma assembleia para o dia 23 de novembro, com o objetivo é de desmoralizar e destituir a Comissão Eleitoral e adiar a eleição da Regional a fim de fazer prevalecer a vontade de um grupo e não soberania da assembleia que escolheu a comissão. Sabe-se que Josélia Maria da Silva estaria dirigindo a Regional de forma irregular, pois a comissão provisória que a colocou na direção já “caducou” e que ainda quer, no presente processo eleitoral, indicar falta de lisura por parte da Comissão.

Diante de tudo isso, se coloca, agora, a obrigação de esclarecer a categoria sobre as sujeiras de Josélia Maria da Silva que vão muito além de fraudar um documento oficial para garantir a sua manutenção na direção do Sindicato. Além disso, também:

  • Não há conhecimento da prestação de contas da regional, que deve ser realizada mensalmente;
  • A direção descumpriu com o prazo para eleição da regional;
  • A direção extrapolou em mais de um ano o prazo do próprio mandato.

Mesmo diante de tantas fraudes, não nos calaremos! Vamos somar as nossas vozes! Não nos calaremos, queremos seu voto. No dia 23/11 e queremos:

  • Manter a eleição para do dia 30/11;
  • Exigir que a Comissão Eleitoral tenha autonomia no processo.”

Queremos aqui nos somar e nos solidarizar com os trabalhadores em educação da Coordenação Regional de Canguaretama e dizer que Basta de autoritarismo, Não bastasse os governos agora são os dirigentes do SINTE que se vestem de “Ditadores”, nós não suportamos mais isso. Respeitem a categoria!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca