“Essa culpa o SINSP não carrega” afirma Janeayre Souto em entrevista a TCM

POR SINSP/RN, 01/10/2020

Janeayre Souto foi entrevistada por Carol Ribeiro e Vonúvio Praxedes, no programa Cenário Político, da TCM Mossoró, nesta quinta-feira (1°). A presidenta do SINSP foi questionada sobre a reforma da previdência aprovada e promulgada nesta semana na Assembleia Legislativa.

“Nós lamentamos e repudiamos essa aprovação da PEC da Morte, a reforma da previdência do nosso Estado. Ela vai penalizar nossos servidores ativos, aposentados e pensionistas, sobretudo os que recebem os menores salários. O governo deveria ter tido sensibilidade com os aposentados, pois têm professores, por exemplo, que trabalharam por 35, 37 anos, pagando ao IPERN, agora foi imposto que eles paguem novamente. Esse dinheiro vai fazer falta para o remédio, para botar comida na mesa, para a saúde do servidor e até mesmo para ajudar sua família”, relembrou a presidente Janeayre.

Assista aqui toda entrevista

Servidores de várias partes do Estado, aproveitaram a presença de Janeayre no Cenário Político para questioná-la sobre aspectos da reforma. A presidenta respondeu perguntas sobre tempo de permanência no serviço e, também, abono de permanência dos servidores públicos estaduais.

“O abono de permanência na primeira proposta do governo deixava de ser um direito e passava a ser uma concessão do gestor. Com as denúncias e reações contrárias do Fórum Estadual dos Servidores, nós reconquistamos e vencemos na luta a correção do termo na lei”.

Janeayre Souto não esqueceu da união dos funcionários públicos contra a reforma da previdência e deixou uma mensagem para todos do servidores “Temos que agradecer a todos os servidores desse Estado, seja do executivo, judiciário, ministério público ou legislativo. Nós todos cumprimos nossa parte nessa luta” e completou “Essa culpa o SINSP não carrega nem o Fórum dos Servidores”.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca