Exame Nacional

CNTE AMPLIA DEBATE SOBRE EXAME COM ESPECIAL
Republico matéria do site da CNTE (link ao lado), 09/07/2010

Durante o mês de julho, o site da CNTE trará todas as semanas um grande tema da educação brasileira para debate. No primeiro especial, a CNTE TV entrevista o presidente Roberto Leão sobre o Exame Nacional de Ingresso na Carreira Docente. A discussão se aprofunda em A Voz da Educação. Assista aqui .

A Confederação, assim como a UNDIME e a CONSED, integra Comitê de Governança do Ministério da Educação que vai avaliar o exame nacional. Para Leão, é necessária a ampliação do debate com audiências públicas. “Precisamos aprofundar a discussão e garantir que o exame seja utilizado unicamente como ingresso dos docentes na carreira, nunca como avaliação dos professores”, disse.

No programa de rádio, trouxemos a opinião do secretário de assuntos educacionais da CNTE, Heleno Araújo, do presidente da UNDIME, Carlos Eduardo Sanches, e da recém-formada em pedagogia pela Universidade de Brasília (UnB), Mônica Fonseca.

Na próxima semana, mais uma grande questão: a Lei do Piso Salarial Profissional Nacional para os professores. E o momento não poderia ser mais oportuno: no dia 16 de julho, a sanção presidencial da Lei 11.738 completa dois anos. Há motivos para comemorar? Veja na próxima semana.

Fique por dentro do Exame

Uma pesquisa de 2007 do Ministério da Educação apontou o percentual de alunos que aprenderam o que era esperado para cada série. O resultado não foi animador: na 8ª série do Ensino Fundamental apenas 20% sabiam português satisfatoriamente; enquanto na matemática, o percentual foi menor: 14%. Para o estudantes do 3ª série do Ensino Médio, 24,5% dominavam português, e menos de 10% garantiam a matemática.

Para melhorar esses índices, o Ministério aposta na melhor capacitação dos professores e lança um exame nacional que vai avaliar esses profissionais. O exame não vai avaliar o professor que está na ativa, mas vai dar notas para quem pretende trabalhar para a rede pública de ensino. Os municípios e estados poderão contratar a partir da avaliação nacional.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca