Festival de cargo no Gabinete da SEEC

VIVA A FARRA DE CARGOS COMISSIONADOS NO GABINETE DA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DA CULTURA-SEEC

Ventos vindos do Seridó confirmam que a nomeação de CÁTIA ARAÚJO LOPES MUNIZ, esposa de Acácio Brito (PT) Ex-Vice-Prefeito da cidade de Serra Negra do Norte para exercer o cargo de provimento em comissão de Subsecretário da Secretária de Estado da Educação e da Cultura, teve critérios políticos eleitorais e teve a participação efetiva da Câmara dos Deputados. Esse cargo era inexistente até o dia 1º de maio.

Os ventos vindos do Seridó informam ainda que CÁTIA ARAÚJO LOPES MUNIZ é funcionária de carreira do SEBRAE e que a convite da Câmara dos Deputados veio para usufruir da farra no gabinete da SEEC.

Enquanto isso os Profissionais da Educação do Rio Grande do Norte estão sem receber: os qüinqüênios publicados e não pagos, as promoções horizontais publicadas e não pagas, os títulos publicados e não pagos, as horas suplementares publicadas e não pagas, os abonos de permanência publicados e não pagos.

Basta! Não podemos nos calar com esse festival de cargos comissionados na SEEC. Os profissionais da educação não aceitam essa farra. Básica não agüenta mais!

BASTA! ISSO É UMA VERGONHA.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca