Fórum Estadual de Servidores Públicos cobra o pagamento do 13º salário

POR SINSP/RN

Mais uma vez os sindicatos saem decepcionados e sem nenhuma novidade sobre o pagamento do 13º salário, muito menos sobre a expectativa de regularização dos salários atrasados.

Ontem (27) entidades sindicais que fazem o Fórum Estadual de Servidores Públicos, estiveram reunidas na Governadoria, com a chefe da Casa Civil, Tatiana Mendes Cunha, na ocasião os sindicatos cobraram o pagamento do 13º salário dos servidores públicos e a regularização do pagamento dos salários.

A chefe da Casa Civil, falou que a expectativa do Governo é pagar o 13º por meio de faixas salariais, como vem efetuando o pagamento dos salários. No dia 30 de março, seria pago o 13º aos servidores da primeira faixa salarial, que recebem até R$ 2 mil.

 

 

O Sinsp RN e os demais sindicatos que fazem o Fórum não concordam com esta forma de pagamento, pois divide e exclui. O pagamento é devido e deve ser pago igualitariamente à todos os servidores públicos do RN, independentemente do seu salário, ativo ou aposentados.

Os aposentados de todas os segmentos têm sofrido muito com esta forma que o Governo Robinson Faria tem adotado, para efetuar o pagamento dos servidores públicos.

 

 

O Fórum deixou com a Chefe da Casa Civil, a solicitação de uma audiência com o Governador Robinson Faria urgente, para a data mais próxima possível. Nesta audiência que o Governador apresente aos sindicatos:

Uma data concreta do pagamento do 13º para TODOS os servidores ativos, inativos e pensionistas.

Que o Governo apresente dentro do Projeto de Lei da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que deverá será apresentado à Assembleia Legislativa no mês de abril:

  • O rateio do déficit financeiro dos Poderes;

        · A devolução das sobras financeiras e Orçamentárias oriundas dos duodécimos;

        · A adoção do Sistema Financeiro Unificado;

O Presidente do Sindfern, Fernando Freitas, explica que 24 estados brasileiros já utilizam o Sistema Financeiro Unificado e que a utilização deste sistema possibilita uma maior transparência, bem como a devolução das sobras orçamentárias.

Os sindicatos saíram da reunião com um sentimento de frustração, pois mesmo com o aumento da Arrecadação do RN, e a injeção de cerca de R$ 73 milhões vindos da Petrobrás, o Governador Robinson Faria continua não priorizando o pagamento dos servidores públicos estaduais, não apresenta sequer um planejamento de quando o Governo voltará a pagar os salários em dia, o que gera uma frustração e revolta em todas as categorias do estado.

Janeayre Souto, Presidenta do Sinsp RN, ressaltou que o Governo do Estado do RN não tem comprometimento com os serviços e com os servidores públicos, pois salário é verba alimentícia e o Governador continua pagando fornecedores em detrimento aos salários de milhares pais e mães de famílias.  

 

 
error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca