Fórum Estadual de Servidores Públicos exige que o Governo do Estado acerte as contas com os servidores

POR SINSP/RN, 01/11/2018

O fórum estadual de servidores públicos do RN, esteve reunido na tarde da última quarta-feira (31), os principais pontos de pauta da reunião foram a conclusão do pagamento do 13 salário de 2017 e o constante atraso no pagamento da folha mensal dos servidores das mais diversas categorias.

As entidades que participaram da reunião redigiram um ofício em conjunto e solicitaram uma audiência com o Governador Robinson Faria e o com a chefe da Casa Civil Tatiana Mendes Cunha. No documento as entidades cobram os seguintes pontos;

1) Fim dos atrasos de pagamento dos salários com apresentação de calendário para finalização do 13o de 2017, dos meses de outubro, novembro e dezembro e do 13o de 2018;

2) Isonomia de tratamento entre todos os aposentados e pensionistas do IPERN, quando do pagamento das folhas mensais, sem descriminação por poderes ou órgãos de origem; cumprindo desta forma os preceitos da Constituição Estadual e da legislação previdenciária vigentes;

3) Compensação imediata das sobras financeiras dos outros poderes, e repactuação pela LOA 19 dos percentuais a serem repassados nos duodécimos.

É inadmissível que o Governador Robinson Faria encerre a sua gestão, com um débito de 1 ano de atraso no pagamento do 13 salário de cerca de 15% dos servidores públicos estaduais.

O SINSP/RN repudia o calendário de pagamento do salário de outubro, apresentado pelo Governo do Estado, mais uma vez o Governo exclui servidores da folha de pagamento, prioriza alguns e maltrata outros. Com o agravante que o décimo terceiro salário de 2017 não foi concluído.

O Fórum de servidores estaduais irá também agendar uma reunião com a Senadora Fátima Bezerra, eleita Governadora do Estado que tomará posse no dia 1 de janeiro de 2018. O Fórum deseja apresentar a nova Governadora as pautas dos servidores públicos, e mostrar a atual situação de calamidade vivida pelos servidores estaduais que amargam mais de dois anos de pagamentos com atraso.

 

 

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca