GESTÃO DEMOCRÁTICA

ELEIÇÃO ACONTECERÁ DIA 27 DE MAIO

A Comissão Central da Gestão Democrática da rede Estadual de Ensino, passou a se reunir ordinariamente toda quinta-feira, das 14 às 17 horas, na sede da CORE.

A Comissão Central, já definiu o calendário para a realização das eleições nas vinte e sete escolas que não realizaram o processo eleitoral no ano de 2009.

O Calendário aprovado pela Comissão Central é o seguinte:

De 19 a 30 de abril – Inscrição de Chapa
27 de maio – Realização das Eleições.

Relembrando:

Das 330 escolas estaduais que eram aptas a realizar as eleições diretas para a escolha dos novos gestores, vinte e sete não realizaram essas eleições.

Dessas vinte e sete, quatro tiveram o registro de candidatura impugnadas pela Comissão Central.

Três escolas, tiveram o registro de candidaturas impugnadas pela Comissão Central, por que feriram a Lei Complementar 290/05. Os atuais gestores queriam um terceiro mandato, o que a lei não permite: Escola Estadual Belírio Wanderley em Natal, Escola Estadual Clara Teteo em Macau e o CAIC em Mossoró. A Escola Estadual Miguel Monteiro de Parazinho, teve o registro de candidatura impugnado por que os candidatos não tinham dois anos de serviço na escola. A lei fala que para se candidatar o servidor tem que ter dois anos de serviço na escola.

A Comissão Central, já solicitou ao novo Secretário Estadual de Educação e Cultura, Padre Nunes, que se assegure a realização dos dezesseis Fóruns Regionais (um fórum por DIRED) e do Fórum Estadual.

Nos Fóruns a Comissão Central pretende discutir junto à comunidade escolar as modificações da Lei Complementar 290/05.

Relembrando:

Uma das maiores polêmicas no ano de 2009, foi quanto a reeleição dos gestores. A Lei Complementar 290/05, diz que os gestores podem se reeleger por mais um mandato, cabendo a cada gestor dois mandatos consecutivos, e os gestores queriam um terceiro mandato, o que não teve abrigo na lei Complementar.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca