Governadora, precisamos gastar metade do nosso salário para bancar uma simples cesta básica; por favor, reajuste nosso salário

POR SINSP/RN, 16/09/2021

Fátima Bezerra, nós somos a maioria dos servidores públicos do Estado que a senhora governa e ganhamos apenas um salário mínimo por mês. Na verdade menos que isso. Pagamos 11% de previdência, que faz com que tiremos menos de R$ 1.000,00 para passar 30 dias. Com esse dinheiro temos a triste escolha mensal de ou pagar as contas ou botar comida à mesa e comprar nossos remédios.

Não dá, governadora, para gastar mais de R$ 500,00 na cesta básica, sim, apenas o básico, e pagar água, energia, gás… Essa cesta nem dá pra passar o mês direito, governadora. Uma simples cesta básica é formada apenas por 13 alimentos, de acordo pelo DIEESE: carne, leite, feijão, arroz, farinha, batata, tomate, pão, café, banana, açúcar, óleo e manteiga.

A senhora sabe que a inflação tá deixando nosso poder de compra ainda menor. Ainda mais nós que desde 2010 não temos nenhum reajuste. Nenhum, governadora. Nosso salário nem a inflação acompanha.Estamos mais pobres que em 2010 e a cada dia ficamos mais. Não queremos reajuste para adquirir bens e acumular dinheiro, como outras categorias, queremos o básico que uma família pode ter que é comida para todos de casa, recursos para nossa saúde, nossos remédios e a tranquilidade de não ter dívidas atrasadas.

12 anos depois continuamos nessa luta. A senhora é de origem popular e entende o que nós servidores mais carentes passamos. Por favor, nos ouça e reajuste nossos salários antes que tenhamos de investir todo ele apenas em arroz e feijão, sem carne, pois já não conseguimos mais comprar.

Saiba mais:

Governo do RN só investe para aumentar desigualdade salarial dos servidores públicos

Após 33 meses de luta do SINSP, governo conclui hoje o 13° de 2018 para os que ainda não receberam; Até R$ 4.500,00 já havia sido pago

SINSP garante na Justiça pagamento de juros e correção monetária nos salários atrasados; saiba como garantir o direito

Governo vai pagar restante de 13° de 2018 dia 15 de setembro; e só concluirá atrasados em maio de 2022

Arrecadação de ICMS e FPE: em 8 meses governo recebe 1,5 bilhão a mais em comparação com 2020

ICMS e FPE: governo tem saldo positivo de R$ 255 milhões apenas em agosto

Estado gerou receita de R$ 17 milhões só com dívida ativa nos oito primeiros meses de 2021

Estado arrecada R$ 162 milhões de FPE em comparação com agosto de 2020

Governo arrecada R$ 93 milhões a mais de ICMS em agosto de 2021

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca