Governo do Estado penaliza professor do Quadro Suplementar

Da Redação

De acordo com Janeayre Souto, diretora de Organização do SINTE, a implantação dos 34% no contracheque para os 920 Professores do Quadro Suplementar ativos e inativos, que estão contemplados pela Lei 6.615, só foi feito para o mês de novembro.

A SEARH retirou a implantação que tinha sido feita levando essa retroatividade ao mês de setembro, como o próprio governo tem divulgado os 34% tinha que ser pago em quatro parcelas iguais nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro.

Esse descaso do governo leva aos professores do quadro suplementar apreensão, pois todos os débitos do estado tem que ser pagos até o dia 16 de dezembro, se não ele vai para o famoso “exercício findo” e todos nós sabemos o que isso significa.

Lembramos ainda que o pagamento dos 34% é feito em quatro parcelas iguais de setembro ao mês de dezembro de 2011. Outra informação é a de que os professores do quadro suplementar contemplados pela Lei 6.615, são os professores que tem curso superior inespecífico e que tem o salario base igual ao professor PN III, letra A.

Nós não vamos aceitar calote! Governadora cumpra com a sua palavra!

 

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca