GOVERNO DO ESTADO RETÉM R$ 31 MILHÕES EM CONSIGNAÇÕES

Isso é um absurdo!

O governo do Estado está retendo as consignações de empréstimos que, segundo relatório de gestão fiscal da Seplan, foram recolhidas, mas não repassadas aos bancos, num valor de R$ 31 milhões. Para as entidades sindicais do Fórum Estadual dos Servidores o ato pode se configurar como crimes de apropriação indébita.

O procurador de Contas junto ao Tribunal de Contas do Estado, Luciano Ramos, deve enviar requerimento ao Estado solicitando mais informações sobre a este bloqueio. O problema tem sido ocasionado pela Secretaria de Planejamento que trata o repasse.

Os sindicalistas argumentam que esse dinheiro não é do Estado, mas dos servidores. Sindicatos também têm problemas. A Associação de Servidores da Emater contabiliza uma dívida de R$ 400 mil só com consignações de plano de saúde.

Fonte: SINSP

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca