Governo do RN paga R$ 205 mil a mais para terceirizar ASG na UERN

POR SINSP/RN, 21/09/2020

   RESUMO      

• Governo gasta R$ 205 mil a mais com a terceirização de 14 trabalhadores

• Esse valor representa R$ 17 mil a mais que o pago para servidores efetivos da mesma função

• Mensalmente esses 14 terceirizados deixam de contirbuir com R$ 57 mil para o IPERN

• Esse valor seria suficiente para pagar a três aposentadorias pelo Estado


O governo do Rio Grande do Norte gasta R$ 205.218,24 por ano pela terceirização de 13 auxiliares de serviços gerais e uma copeira, na UERN. Cada trabalhador terceirizado custa ao Estado R$ 2.633,43, enquanto um funcionário público ASG custaria R$ 1.434,00.

Com isso, o governo paga 1.199,43 a mais por cada auxiliar de serviço gerais. Isso acontece porque o Estado prefere optar pela terceirização dos cargos públicos.

Esse valor é de apenas um contrato da Universidade do Estado do RN. Somente nesse documento o custo mensal dos 14 terceirizados é de R$ 37.190,12. Esse valor representa R$ 17.101,52 a mais caso o Estado utilizasse servidores públicos ao invés da terceirização.

No total são R$ 205.2018,24 por ano de gastos para o Estado.

Terceirizados não contribuem para o IPERN

Cada terceirizado deixa de contribuir com R$ 344,85 por mês ao IPERN. Por mês, os 14 terceirizados deixam de investir R$ 57.934,80 na previdência estadual. O equivalente a mais de R$ 695 mil por ano. Valor que poderia pagar cerca de três ASG aposentados pelo Estado.

A situação volta a mostrar a deficiência que a terceirização traz ao próprio estado. Além de gastar mais, também agrava a situação da previdência estadual e prejudica o serviço público, já que não contribui para a manutenção dos servidores de carreira.

O SINSP volta a insistir para que o governo do RN priorize a realização de concurso público em detrimento à contratação de mais terceirizados, como forma de aumentar a arrecadação, uma vez que colocaria mais trabalhadores no sistema previdenciário.

Saiba mais:

Governo do RN paga quase R$ 295 mil a mais por terceirizar ASG

Com terceirizada de 1350 merendeiras, IPERN deixa de arrecadar recurso

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca