Governo informa que não pagará nem o 13° de 2018 por completo em maio: “não vamos discutir parcelamento”, diz presidenta do SINSP

POR SINSP/RN, 20/04/2021

O Fórum dos servidores esteve reunido com o governo na manhã desta segunda-feira (19) esperando ouvir a tão aguardada informação de que em maio o governo quitaria pelo menos a folha atrasada referente ao 13° de 2018, mas o Estado decepcionou a todos e informou que vai dividir o pagamento em mais duas parcelas.

Segundo o secretário do Gabinete Civil, Raimundo Alves, o governo terá em maio um valor entre R$ 75 e R$ 90 milhões para dar continuidade ao pagamento que teve início em janeiro. Até o momento apenas os servidores que recebem até R$ 3.500,00 receberam o 13° de 2018.

“O SINSP saiu da audiência frustrado. Frustrado porque a gente aguardava pra hoje que o governo anunciasse que iria pagar as duas folhas atrasadas que deve aos servidores. Afinal nós estamos entrando ao 29° mês de governo e os servidores seguem com seus salários atrasados”, afirmou a presidenta do SINSP, Janeayre Souto.

Durante a audiência, o SINSP apresentou os dados obtidos junto ao IPERN, que demostram como a proposta do governo é absurda. Todos os meses, desde janeiro, o governo arrecada R$ 32,4 milhões apenas com a reforma da previdência. São 162 milhões que o governo terá arrecadado em maio e mesmo assim pretende destinar apenas 46% do que está retirando dos bolsos dos próprios servidores. Nem metade do valor que o IPERN arrecada o Estado quer devolver com os salários atrasados.

Governo não define como será o pagamento

O governo apenas informou que uma parte do pagamento acontecerá em maio, mas como ela será feita não foi dito. O SINSP defende  o pagamento imediato e integral das duas folhas atrasadas. O sindicato também informa que não discutirá o parcelamento do pagamento com o governo.

“Nós do SINSP vamos levar para a reunião do Fórum dos Servidores, e creio que será a posição de todos em conjunto: não abriremos mão de cobrar do governo o pagamento imediato dos nossos salários atrasados. Não vamos discutir parcelamento.

Governo voltará a se reunir com sindicatos em maio

Ficou definido que no dia 4 de maio terá um novo encontro virtual entre o governo e o Fórum dos Servidores. Nesse dia pode ser divulgado a forma de pagamento dos salários atrasados ainda do 13° de 2018.

Saiba mais:

SINSP se reunirá com governo e defenderá pagamento imediato dos salários atrasados

Fórum dos Servidores: nota de esclarecimento sobre o pagamento dos salários atrasados

Estado teve arrecadação extra de R$ 521 milhões no primeiro trimestre de 2021

Se o governo teve lucro de R$ 177 milhões em 2020 qual o motivo de não ter pago os salários atrasados?

Governo arrecada R$ 55 milhões a mais de FPE nos três primeiros meses de 2021

Governo arrecada R$ 42 milhões a mais em ICMS em comparação com março de 2020

Aldemir Freire afirma que Estado está juntando dinheiro para pagar 13° de 2018

Governo aposta em aumento de arrecadação do IPERN com reforma da previdência e crescimento do ICMS para pagar 13° de 2018

Após 25 meses de luta do SINSP, governo começa a pagar hoje o 13° de 2018

Governo vai pagar 13° de 2018 com recursos próprios, mas vai esperar solução federal para quitar dezembro de 2018

Governo não prioriza servidores e anuncia pagamento de salários atrasados apenas para quem recebe até R$ 3.500,00

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca