Justiça do RJ proíbe retorno das aulas até que estudantes e professores sejam vacinados

POR SINSP/RN, 12/09/2020

A decisão condiciona retorno a existência de uma vacina ou um estudo demonstrando que não há risco. A ação foi ajuizada pelo Sindicato dos Professores do Município do Rio (Sinpro-Rio) e atendida pela Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (11).

O governo do RJ tinha liberado as escolas particulares para aulas presenciais a partir de segunda (14) e as escolas estaduais no dia 5 de outubro. Na cidade do Rio ainda não há uma data determinada para o retorno.

Situação do Rio Grande do Norte

As escolas estaduais só terão aulas presenciais em 2021. A informação foi anunciada pelo governo, que liberou o retorno das escolas particulares para o dia 5 de outubro deste ano.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca