Nova profissão de imbecilizador profissional está em alta, diz escritora

Em tempos de crise política e econômica com tempos sombrios é nítido o descontentamento de milhões de pessoas com toda essa situação, já não bastasse os problemas financeiros e sociais que o país enfrenta, aproveitando-se mais ainda desse momento fica evidente o crescimento de pessoas que se aproveitam da fragilidade educacional e cultural das pessoas. Para a professora de filosofia Márcia Tiburi, o imbecilizador profissional está em alta no país, como uma nova profissão, que diferente da dos médicos, professores ou outras quaisquer produtivas, essa surge sem produzir nada e incapaz de resolver qualquer tipo de problema.

Segundo Márcia Tiburi, esse imbecilizador é um manipulador das massas, não aquele no sentido sofisticado, mas no sentido mais simples que se pode ter e ele só precisa perceber que aquela massa de ouvintes tem certa tendência a serem manipuladas. Tudo isso é criado com uma linguagem fácil e popular para que as pessoas entendam o que ele está falando e assim se identifiquem com aquilo que é fácil de entender, sem a necessidade de algum tipo de esforço ou questionamentos para se chegar a uma melhor conclusão do assunto ou tema em questão, diz a professora. Em um mundo virtual onde tudo é fácil e rápido parece que essa cultura tem se estendido para o mundo real, onde aceitam fácil aquilo que se ouve ou vê sem qualquer tipo de apuração mais minuciosa ou questionamentos sobre o outro lado da moeda por exemplo.

O imbecilizador profissional precisa extirpar das pessoas o senso crítico que elas possam vir a ter.

A afirmação de Márcia atenta para uma grande necessidade de se desenvolver o senso crítico, prestando sempre muita atenção naquilo que os outros estão falando mas também naquilo que a pessoa mesmo está tentando elaborar, conta ela no vídeo acima. O imbecilizador faz com que as pessoas saiam repetindo ideias prontas porque depois desse processo de ‘entorpecência’ mental elas não conseguem mais produzir uma atitude de auto-reflexão mantendo a nossa inteligência viva.

Como encontrar?

A escritora diz que é fácil identificar o imbecilizador, normalmente ele está no meio do entretenimento ou infelizmente de um púlpito religioso da igreja onde ele costuma falar e muitas vezes o mesmo se propõe a algum cargo político. Veja mais detalhes no vídeo gravado no canal da Mídia Ninja.

Outro vídeo da escritora que bombou nas redes foi falando sobre o culto da ignorância, assista abaixo:

 

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca