Novas mídias são ensinadas a professores

ONG CAPACITA EDUCADORES A PRODUZIR VÍDEOS DE BOLSO COM CELULAR, CRIAR BLOGS E USAR REDES SOCIAIS PARA TRABALHAR CONTEÚDOS DIDÁTICOS COM ALUNOS
Republico matéria do CNTE Informa 537

Inserir o uso da tecnologia no ambiente escolar. Este é um desafio que muitos educadores estão enfrentando, já que o uso das Novas Tecnologias de Comunicação e Informação (NTCIs) faz parte do cotidiano da maioria dos jovens estudantes hoje. Com o objetivo de estimular e habilitar professores a usarem ferramentas como o celular e as redes sociais de maneira consciente em sala de aula, a ONG Casa da Árvore, do Tocantins, em parceria com o Instituto Vivo e a Fundação Banco do Brasil, tem promovido um circuito de capacitação de educadores da rede estadual de ensino. Em Goiânia, o circuito foi realizado na semana passada.

Quarenta professores do Programa de Ressignificação do Ensino Médio, do Núcleo de Desenvolvimento Curricular e formadores dos Núcleos de Tecnologia em Educação (NTE) foram selecionados pela Secretaria da Educação de Goiás para participar da oficina de capacitação, na qual aprenderam técnicas básicas de concepção, produção, gravação e edição de vídeos de bolso e criação de blogs. Além de vídeos de bolso, os professores produziram sequências didáticas para diversos conteúdos curriculares.

Segundo o educador da ONG Casa da Árvore, Aluísio Cavalcante, que ministrou a oficina em Goiânia, ao incorporar essas novas tecnologias no processo de ensino, o professor leva para a sala de aula todas as experiências culturais e sociais que os alunos vivenciam fora do ambiente escolar.

Como utilizar – A partir de temas do currículo escolar, de disciplinas como história,literatura, língua portuguesa e geografia, os professores propõem aos alunos que façam um roteiro antes da elaboração dos vídeos. “Os vídeos podem ser feitos com qualquer câmera, mas damos destaque às de celular porque os aparelhos reúnem várias mídias e aplicativos e são muito usados pelos alunos, porque alguns já fazem o vídeo e em seguida acessam a internet”, explica Aluísio. Os vídeos de bolso devem ter pouca duração e não podem ser pesados, pois depois de prontos eles são postados no blog da escola ou da turma e também em redes sociais.

Os blogs, segundo Aluísio, são muito importantes dentro do trabalho com as novas tecnologias. “O blog da escola pode estar incorporado no dia-a-dia da sala de aula e também pode ser utilizado como um canal onde os alunos podem entregar trabalhos.”

O educador ressalta que outra forma de realizar atividades é por meio de vídeos que os professores mesmos podem postar e pedir para que os alunos acrescentem comentários sobre algo que já foi pesquisado e trabalhado em sala de aula. “Desses comentários surgem palavras-chave, que se tornam links, que vão levando a outros links sobre o assunto na internet. Isso é uma forma de transmissão e construção colaborativa do conhecimento”, declara. (O Popular – GO)

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca