O Governo do Estado nega os 70% do PCCR para os servidores, mas concede 100% de reajuste para os Ass

O governo do estado alega falta de dinheiro nos cofres do estado para não pagar os 70% do PCCR dos servidores que ainda não tiveram os 100% do PCCR implantados no contracheque.

Só que uma informação ferveu no Centro Administrativo na última semana que foi o “reajuste salarial de 100%” para os assessores jurídicos do estado. O salário dos assessores jurídicos do estado irá variar de R$ 13.000,00, 14.000,00 e 15.000,00. Não somos contra esse reajuste, o nosso desejo é de que todos os servidores estaduais tenham bons salários, mas não concordamos com forma de agir do governo Rosalba Ciarline.

Será que só falta dinheiro nos cofres do estado para pagar os 70% dos servidores? Para reajustar salários de diversas categorias não falta dinheiro, por que será?

Os servidores do quadro geral do estado estão indignados e revoltados com a postura da governadora Rosalba Ciarline, em virar as costas e dizer NÃO para os servidores do quadro geral do estado.

Isso é um absurdo! Como pode um governo que se negar a cumprir a Lei Complementar 432/10, e não implantar o PCCR no contracheque dos servidores e em contrapartida esse mesmo governo reajusta em 100% os salários dos assessores jurídicos.

A ação desse governo só vem comprovar o que temos dito em todos os cantos e recontas desse estado, de que “falta vontade politica” do governo em cumprir o PCCR dos servidores.

Governadora Rosalba Ciarline os servidores estaduais exigem respeito! 

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca