PROCESSO

Professoras serão promovidas
Repúblico matéria do Diário de Natal, Cidades, 07/04/2010

Quatro professoras da rede estadual de ensino conseguiram que a Justiça determine que o estado integre eles no nível III do quadro permanente do magistério estadual. A sentença, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, condenou ainda o estado a pagar diferenças salariais retroativas ao término do estágio probatório. Na ação, as professoras alegaram que são docentes da rede estadual de ensino e possuem nível superior, entretanto quando tomaram posse foram enquadrados em uma classe inferior.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca