Robinson Faria continua penalizando e punindo os Servidores do RN

O governo Robinson Faria decidiu romper no final de março de 2015 o contrato com a empresa responsável por administrar a margem consignada do funcionalismo público alegando que precisaria abrir o processo licitatório.  

Hoje cerca de 103 mil servidores entre ativos e inativos ficaram impedidos de realizar quaisquer operações financeiras com desconto em folha, incluindo financiamentos imobiliários, ou seja, famílias sem comprar a casa própria.

Ao contrário do que o governo Robinson Faria, através da SEARH, publicou lá em março do ano passado que iria abrir o processo licitatório até agora os servidores e população do nosso estado aguardam a realização dessa licitação.

As duas empresas contratadas até agora só demonstram um desastre atrás do outro, o que deixa claro o total desrespeito do Governador Robinson Faria com os servidores públicos.

“Após cancelar o contrato com a R2A, empresa que entrou no lugar da empresa que prestava o serviço dos consignados, o Estado fez um certame onde ganhou a NEOCONSIG, empresa que teve seus contratos cancelados com o Governo de Goiás e a Prefeitura de Goiânia por estar sendo investigada suspeita de irregularidades.

A empresa já está há 68 dias operando no Governo e não conseguiu solucionar os problemas de descontos dos servidores.

Bancos não assinam com a empresa para realizar novos consignados.

Está na hora do Governo deixar de brincar com algo tão sério e realizar uma licitação e que ganhe uma empresa com condições de gerir algo tão importante e sério como é o consignado! ” (Blog Heitor Gregório).

Senhor Governador os Servidores do RN exigem e merecem respeito!

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca