Salário do Servidor Público diminui enquanto os preços aumentam. Comparação dos últimos meses no contracheque traz revolta!

Confira!

Depois que o SINSP denunciou o bolso furado no bolso dos servidores, as redes sociais choveram de comentários e os servidores foram pra pratica comparar o seu contracheque de janeiro de 2021 com dezembro e novembro de 2020. Revolta, indignação e perplexidade é que temos visto nas redes sociais, em cada comentário e quando encontramos com os servidores presencialmente.  

Assista o vídeo.

Já não basta a queda brusca e absurda dos salários dos servidores por causa da Reforma da Previdência em nosso estado, assistimos perplexos o aumento exorbitante da gasolina, do gás de cozinha e da cesta básica. Você já parou para analisar o preço do quilo de feijão? E do arroz que chegou quase a R$ 22,00. Sem falar no preço de carne, do frango e do ovo. Olhe, tá difícil, já são 11 anos sem nenhum centavo de reajuste ou revisão da inflação do ano anterior. E com o governo do estado devendo quase 2 folhas de salário atrasados aos servidores e o pior, sem perspectiva de realizar esse pagamento.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca