Secretário da Casa Civil censura participação de assessor do SINSP em audiências

POR SISP/RN, 18/11/2020

A chefe de gabinete do secretário da Casa Civil, Raimundo Alves, informou a direção do SINSP que o assessor Tárcio Fontenele não será recebido em reuniões no Gabinete Civil. Essa ação mostra a professora e governadora Fátima Bezerra, no seu governo de origem popular, acabando de reviver os piores momentos da gestão Geraldo Melo, quando ele dizia que não recebia o professor e então secretário-geral da APRN, Fernando Mineiro, tendo Fátima Bezerra como 1ª secretária da associação à época.

Quem escolhe os participantes das audiências não é o governo e sim as lideranças sindicais. É inadmissível que haja tentativas de censura e intervenção na prática sindical por parte de representantes do governo. O SINSP representa os trabalhadores do serviço público do Estado e não essa ou qualquer outra gestão. O assessor Tárcio Fontenele irá participar de toda e qualquer audiência que o SINSP estiver presente, pois ele é uma peça importante na luta do sindicato. Nem Raimundo Alves ou qualquer outra autoridade do governo irá impedir o trabalho do SINSP.

SINSP jamais vai aceitar interferências do governo na sua gestão. A luta continua!

Saiba mais:

Casa Civil desmarca reunião e aciona a polícia contra o SINSP

Casa Civil ignora solicitação de audiência

SINSP cobra que reajuste do salário mínimo aconteça a partir de janeiro

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca