Secretário de Planejamento comemora reforma da previdência e congelamento de direitos de servidores

POR SINSP/RN, 03/02/2021

Em entrevista para a InterTV, o secretário de Planejamento, Aldemir Freire, comemorou o início dos efeitos da reforma da previdência, que desde janeiro reduziu o salário dos servidores, e também o congelamento dos salários e novos benefícios aos funcionários, como efeito da Lei Complementar Federal 173/2020, que proíbe os Estados a conceder aumentos com pessoal até dezembro de 2021.

Aldemir Freire disse na reportagem que três motivos vão melhorar a receita do RN em 2021: a continuidade da recuperação econômica; os efeitos da reforma da previdência; e o congelamento dos direitos dos servidores até dezembro de 2021.

O secretário Aldemir deixa claro seu planejamento de melhorar as contas do Estado confiscando ainda mais o salários dos servidores públicos.

Secretário afirma que novos concursos não gera aumento de gastos com pessoal

Na mesma entrevista, Aldemir informou que mesmo com os novos concursos previstos para acontecer no ITEP e na Polícia Militar os gastos com pessoal devem diminuir nos próximos anos. De acordo com o secretário, o RN não tem excesso de servidores “muito pelo contrário; A gente precisa de mais profissionais”.

Na reportagem exibida nesta quarta-feira (03), Aldemir revela a queda em 10% do gasto com o pessoal no Estado. O secretário explicou que não houve cortes nas contratações e que a diminuição aconteceu porque o Estado teve maiores recursos em 2020 em comparação com 2019. Isso fez com que os gastos com a folha de pagamento representaram menos dentro das receitas totais do estado.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca