Secretário diz que aulas presenciais só voltam com aval do Comitê Científico, mas obriga servidor a dar expediente nas escolas

POR SINSP/RN, 09/04/2021

Apesar das escolas da rede pública estadual não terem aulas presenciais desde março de 2020 e das escolas darem suas aulas remotamente, servidores continuam indo até às escolas para cumprir horário e dar seus expedientes. Além deles, a SEEC ainda pede que pais e alunos se desloquem para os locais de aula para ter acesso aos materiais escolares, numa ação contra a saúde pública e que poderia ser realizada remotamente, com as demais.

Nesta semana o secretário Getúlio Marques afirmou que as aulas presenciais só voltam quando o Comitê Científico recomendar ao governo do Estado. Mas a contradição do secretário de Educação é ainda assim seguir obrigando que o pessoal do administrativo, merendeiras e demais servidores se arrisquem para bater o ponto.

Não há serviço essencial em escolas e o trabalho pode e deve ser feito de maneira remota, como está previsto no Decreto n° 30.419, de 17 de março de 2021. O servidor vai trabalhar de casa, protegendo-se do pior momento da saúde que o RN passa. A SEEC não pode ser responsável por infeções e mortes de servidores.

Servidora relata desespero de ser obrigada a pegar ônibus lotado apesar do Decreto de lockdown

No mês passado, uma servidora procurou o SINSP para descrever sua rotina de medo ao pegar quatro ônibus e atravessar a cidade de Natal “para não fazer nada”, pois é merendeira e não têm alunos para servir durante as aulas remotas.

Getúlio Marques afirma que servidores podem realizar atendimentos

Em contato com o SINSP no mês de março, o secretário afirmou que as escolas vão permanecer abertas para caso haja alguma emergência. Porém todos sabem que escolas não são hospitais para ter a necessidade de estarem atendendo durante uma pandemia e sequer existem o regime de urgência dentro dos locais educacionais. A posição do secretário é clara: total descumprimento às medidas sanitárias.

Secretário será responsabilizado caso servidores adoeçam

O SINSP convoca todos os servidores da educação a procurarem o sindicato caso pegue a doença após as medidas de desrespeito a Portaria por parte do secretário. Vamos reunir todos os relatos dos servidores e lutar na Justiça pelo respeito que não está sendo dado por Getúlio Marques.

O nosso contato pode ser feito através do telefone 98840-1607 ou do email: sinsprn@gmail.com.

Saiba mais:

Secretário de Educação afirma que não vai cumprir a Portaria e vai recomendar atendimento presencial em escolas

Trabalho remoto: após pressão, governo atende solicitação do SINSP

Governo atende solicitação do SINSP e prepara Portaria implatando regime de trabalho remoto para servidores

Teletrabalho: SINSP solicita medida urgente da governadora

Servidora relata desespero de ser obrigada a pegar ônibus lotado apesar do Decreto de lockdown

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca