Servidora aposentada explica como é viver com apenas R$ 1.410,65

POR SINSP/RN, 19/09/2020

A servidora aposentada Damiana Luzia procurou o SINSP para falar sobre sua luta diária no sentido de manter sua vida com apenas R$ 1.410,65 de salário do governo do RN.

Moradora de Florânia, Damiana tinha o cargo de secretária e trabalhou em escolas de Jaçanã, Currais Novos e Florânia, antes de se aposentar com 35 anos de serviços prestados.

Atualmente, a servidora gasta praticamente todo o salário com a saúde e aluguel. Ela sofre de doenças crônicas e fala triste: “nem consigo me alimentar bem”.

“Me encontro com diabetes, sem controle, e o que ganho não dá pra sobreviver. Estou passando por um tratamento de fisioterapia particular, mas pra isso tiver que ir nas redes sociais pra pedir. Isso é humilhante e triste”, citou a servidora que fez questão de mostrar sua gratidão aos amigos que a ajudaram.

Apesar de toda as batalhas, Damiana sempre se mostrou forte mesmo com o pequeno salário: “Dava reforço pra alfabetizar as crianças. Trabalhava na escola e alguns pais me procuravam já que fiz magistério e comecei a faculdade de história em Patos. Ajudava as crianças e tirava o dinheiro do aluguel”, lembrou a servidora que teve de desistir do sonho de ser professora por causa da distância para a faculdade. Com a pandemia, ela teve que parar as aulas e não consegue mais essa grana extra.

Como Damiana, o RN tem diversas outras histórias assim: servidores que se dedicaram décadas para o Estado e agora se sentem esquecidos, sofrendo com péssimos salários e se redobrando para manter a vida.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca