SERVIDORES DA SAÚDE E EDUCAÇÃO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE ENTRAM EM GREVE

Da Redação

Os servidores da saúde e educação de São Gonçalo do Amarante acabam de decidir em assembleia que vão entrar em greve por tempo indeterminado a partir de segunda-feira, dia 16. As duas categorias reivindicam, entre outros pontos, reajuste salarial de 63,68% para todo o funcionalismo municipal, referentes às perdas acumuladas desde 2008, e o respeito ao tempo de carreira dos trabalhadores do município, previsto nos planos de cargos e salários.

Por enquanto, os grevistas não entraram em acordo com a prefeitura de São Gonçalo do Amarante. Ontem, a direção Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte), se reuniu com o secretário de educação, Abel Neto, com o procurador do município e com o secretário da administração. Não houve acordo. Na próxima terça-feira (17), está prevista uma reunião do secretário municipal de saúde, Jalmir Simões e a direção do sindicato dos servidores da saúde (Sindsaúde). Até lá, a paralisação dos serviços se mantém, com garantia dos 30% dos trabalhadores disponíveis de acordo com a lei de greve.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca