SINSP cobra proteção de servidores das centrais do cidadão em reunião com a SEAD

POR SINSP/RN, 21/01/2021

O descaso do governo com a saúde dos servidores das Centrais do Cidadão, diante do crescente número de casos de Covid-19 no Estado, foi objeto de audiência entre a presidenta do SINSP, Janeayre Souto, e o secretário-adjunto da SEAD, George Câmara.

Janeayre mostrou ao secretário as inúmeras queixas e denúncias recebidas pelo SINSP desde a reabertura dos serviços ofertados em todo o RN. A presidenta do SINSP fez qestão de relembrar o surto na Central do Cidadão de ASSU, onde 12 funcionários foram testados positivamente com Covid-19, em dezembro, e também deu seu depoimento da visita que fez a Central do Cidadão do Via Direta, em Natal.

“Lá não tem anteparos para os servidores. Na verdade, só o Detran que tem essa proteção. Gostaria de saber porque um lado está protegido e o outro a mercê de contaminação? Os funcionários não recebem nem uma máscara decente. As que ficam disponíveis para eles são muito fracas, de pano, insuficiente para a proteção. Também não há termômetro para medir a população que procura atendimento. Sem contar a fila enrome e o tumulto que se faz na porta do local”, afirmou Janeayre Souto.

Secretário promete apresentar Plano de Trabalho

O secretário-adjunto da SEAD elogiou a postura do SINSP de brigar por meiores condições de trabalho dos servidores do Estado e informou que um Plano de Trabalho com ações em curso e que serão tomadas pela secretaria, será apresentado ao sindicato num prazo de 7 dias, até o dia 28 de janeiro.

O SINSP vai aguardar o documento da SEAD e continuar vigilante até que os servidores das centrais tenham total proteção para exercer suas funções.

Saiba mais:

SINSP visita Central do Cidadão e comprova falta de condições de trabalho para servidores

Central do Cidadão de Assu tem 12 funcionários com covid-19 e servidores doentes são obrigados a voltar mesmo sem resultado de novo teste

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca