Vereador do PT denuncia terceirização na saúde do Estado: “picaretagem não conta comigo”

POR SINSP/RN, 03/10/2020

O vereador Fernando Lucena denunciou, no plenário da Câmara Municipal de Natal, a contratação de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) investigada pelo Ministério Público Federal para gerir a saúde do Estado.

“Eu sou do partido da governadora, mas picaretagem não conta comigo”, afirmou o vereador.

As OSCIPS são utilizadas pelo poder executivo para terceirizar o trabalho que deveria ser feito pelo Estado, substituindo servidores efetivos por pessoas contratadas sem concurso público.

Lucena ainda disse que vai “denunciar ao ministério a todos órgãos de fiscalização” pois “onde essa gente passou, roubou”. De acordo com o vereador, a contratada seria a mesma que trabalhou no Rio de Janeiro, onde tem um diversos problemas com a Justiça.

Terceirizados não contribuem para o IPERN

Além do Estado gastar mais, também agrava a situação da previdência e prejudica o serviço público, já que não contribui para a manutenção dos servidores de carreira.

O SINSP insiste para o governo do RN priorizar a realização de concurso público em detrimento à contratação de mais terceirizados, como forma de aumentar a arrecadação, uma vez que colocaria mais trabalhadores no sistema previdenciário.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca