Apesar de não priorizar folhas atrasadas, governo acerta em começar pelos menores salários

POR SINSP/RN, 15/01/2021

A política do governo de iniciar o pagamento do 13° de 2018 pelos menores salários está correta, pois os servidores com salários maiores foram contemplados com a quitação das dívidas do Estado referentes ao 13° de 2017 e novembro de 2018, enquanto os funcionários mais humildes tiveram de esperar para só agora receberem seus salários atrasados.

O governo está respeitando a cronologia para quitar as dívidas com o funcionalismo público. Após iniciar o pagamento com a folha restante de 2017, seguiu para 2018 e só agora deu início ao pagamento para os servidores com os menores salários do Estado, que aguardaram o governo pagar os maiores salários nas duas folhas salariais atrasadas anteriores.

O governo também está utilizando o critério de solidariedade ao começar pelos funcionários mais humildes, para logo após atingir os demais servidores públicos.

SISNP critica falta de prioridade na quitação das dívidas

Por outro lado, o SINSP critica a postura do governo de não dar prioridade ao pagamento dos salários atrasados. Caso o Estado tivesse priorizado a quitação de sua dívida com os servidores públicos, e tivesse pago os salários atrasados utilizando recursos extras obtidos durante 2020, já teria conseguido pagar ao menos uma das duas folhas salariais atrasadas.

Saiba mais:

Governo não prioriza servidores e anuncia pagamento de salários atrasados apenas para quem recebe até R$ 3.500,00

2020 no RN: balanço financeiro foi de R$ 698 milhões a mais que valor arrecadado em 2019

Governadora não anuncia calendário de folhas atrasadas: veja promessas de Fátima durante reunião com Fórum dos Servidores

“Saio decepcionada do auditório da governadoria”, Janeayre Souto lamenta resultado de reunião com governadora

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca