Bibliotecas

ONDE ESTÃO AS BIBLIOTECAS DE NATAL?
Republico matéria do jornal Diário de Natal, Cidades, 02/05/2010

Capital tem o 3º pior índice de bibliotecas por grupo de 100 mil habitantes. Por outro lado, estado lidera

Contrariando os números que apontam a região como detentora dos piores índices de educação, uma pesquisa encomendada pelo Ministério da Cultura, o Primeiro Censo Nacional das Bibliotecas Públicas Municipais (BPMs) de todo o país, revelou que os nordestinos são os que mais frequentam as coleções no país. Além disso, o estudo, realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) no ano passado, mostrou que a região tem uma média de 2,23 bibliotecas por 100 mil habitantes e o Rio Grande do Norte ocupa a 1ª colocação entre os nove estados (3,66 por 100 mil habitantes). Alagoas, de acordo com a pesquisa, tem o maior índice de municípios que possuem BPMs na região (86%), enquanto o Piauí é o que tem o menor (34%). O município do Nordeste com maior número de bibliotecas por 100 mil habitantes é Santa Rita, na Paraíba (2,36), representando o terceiro melhor índice nacional. Entre os piores índices estão Fortaleza/CE (0,04), Salvador/BA (0,06) e Natal/RN (0,12), que se contrapõe ao dado estadual.

Pesquisa encomendada pelo Ministério da Cultura revela que os nordestinos são os que mais frequentam as coleções

Foto: Maria Iglê/Especial/DN/D.A Press

O censo mostra, ainda, que, em 2009, 64% dos municípios do Nordeste possuíam ao menos uma biblioteca aberta, o que corresponde a 1198 bibliotecas em 1155 municípios. O índice é inferior ao nacional (79%). Em 27% dos casos, as BPMs ainda estão em fase de implantação ou reabertura e em 9% estão fechadas, extintas ou nunca existiram. Considerando aquelas que estão em funcionamento, são 2,23 bibliotecas por 100 mil habitantes, enquanto a média brasileira é 2,67. A região, contudo, lidera em frequência ao local: 2,6 vezes por semana, superior à média brasileira (1,9).

Todos os 5.565 municípios brasileiros foram pesquisados. Em 4.905 municípios, foram realizadas visitas in loco para a investigação sobre a existência e condições de funcionamento de BPMs, no período de setembro a novembro de 2009. Os 660 municípios restantes foram pesquisados por contato telefônico, até janeiro deste ano.O Censo Nacional, de acordo com o ministério, tem por objetivo subsidiar o aperfeiçoamento de políticas voltadas à melhoria e valorização das bibliotecas públicas brasileiras.

A Fundação Biblioteca Nacional, em parceira com as prefeituras municipais, promoverá a implantação ou reinstalação dessas bibliotecas, com a distribuição de kits com acervo de dois mil livros, mobiliário e equipamentos, no valor de R$ 50mil, cada, totalizando mais de R$ 8 milhões na região. As BPMs receberão, ainda, segundo o Ministério da Cultura, Telecentros Comunitários do Ministério das Comunicações.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca