Direção do SINTE vira as costas para a categoria e mais vez derrota os servidores da educação

De 01 de julho de 2010 até os dias de hoje nós temos colocado como meta número da nossa militância a busca pela implementação total da LC 432/10, lei que trata do Plano de Cargos, Carreira e Salários dos Servidores da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte.
Cansados de esperar pela inoperância de quem não tem se disposto a lutar pelo PCCR dos servidores e em especial os da Educação, alguns servidores tem se mobilizado e buscado essa implantação via judicial.
Muitos servidores da SEEC já colocaram no seu contracheque os 70% que faltava para totalizar o seu, de uma só vez cerca de 23 servidores da SEEC conseguiram a decisão do TJRN favorável à implantação dos 70% no contracheque.
Agora nos causa interrogação e indignação por que a ação coletiva do SINTE/RN, de número 0802381-93.2012.8.20.0001, encontra-se com a seguinte decisão: “Ante o exposto, por seus próprios fundamentos, voto pela manutenção da decisão que deixou de conhecer do agravo de instrumento por flagrante intempestividade recursal”, foi esse o voto do Desembargador Expedito Ferreira (Presidente/Relator) e o Doutor Luiz Lopes de Oliveira Filho (21ᵒ Promotor de Justiça)”.
Uma coisa nos incomoda, Por que a direção do SINTE escondeu dos trabalhadores em educação do Rio Grande do Norte, uma vez que essa sentença esta publicada desde o dia 11/12/12 e que traz mais uma vez a sentença da ação coletiva do PCCR foi perdida e o pior perdeu por que recorreu fora do prazo por flagrante intempestividade recursal, isso é um absurdo. Nunca vi tanta irresponsabilidade de uma direção sindical. Isso só vem reforçar que os trabalhadores em educação estam abandonados.

Para que você trabalhador em educação comprove o que estamos falando clique no link ao lado http://esaj.tjrn.jus.br/cpo/pg/show.do?localPesquisa.cdLocal=1&processo.codigo=010011DIC0000&processo.foro=1 e clique no ícone do processo digital, que diz esse processo é digital. Clique aqui para visualizar os autos.
Cada vez mais fica comprovado que a direção do SINTE tem virado as costas para os servidores da educação.

Respeitem os servidores da Educação. A categoria exige uma postura e ação coerente de vocês.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca