Funcionários da Educação suspendem greve

Da Redação

Reunidos em assembleia na manhã desta segunda-feira (17), no auditório do SINTE os funcionários de escola suspenderam a greve.

Desde o dia 04 de outubro a greve dos funcionários de escola tinha sido deflagrada. Essa greve trazia como pauta o pagamento de 70% restante de todos os Planos de Carreira.

Os motivos que levaram a suspensão da greve foram às várias dificuldades que se apresentaram na construção dessa greve.

Segundo Janeayre Souto, diretora de organização do SINTE, nessa assembleia os funcionários apresentaram maturidade na avaliação e na suspensão do movimento. Quando entramos em uma greve nós deveremos saber o dia da entrada e o dia da saída da greve.

Os encaminhamentos da assembleia foram os seguintes:

• Suspensão do movimento paredista;
• Construção de uma caravana dos trabalhadores em educação para participar da “Marcha Nacional “10 mil pelos 10% do PIB para a Educação”;
• Participar de todas as mobilizações envolvendo os servidores públicos estaduais;
• Ir para a assembleia legislativa nesta terça-feira (18), às 9h30;

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca