Novo Time

PREFEITA ANUNCIA HOJEA NOVO TIME DO PRIMEIRO ESCALÃO
Repúblico matéria do jornal Tribuna do Norte, Política, 22/04/2010

A prefeita de Natal Micarla de Sousa adiou em um dia o anúncio do secretariado. Previsto para ontem, somente hoje às 15h, serão anunciados oficialmente os nomes dos novos auxiliares de primeiro escalão, escolhidos por indicações pessoais ou num processo de acomodação de aliadas políticos. Uma das mudanças está relacionada a Vice-prefeitura. Todas as ações da Copa do Mundo de 2014 que relacionadas à ação do município estarão concentradas com o vice, Paulinho Freire. Além dessa nova atribuição, o líder municipal do PP conseguiu manter na cota do partido a Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social. O delegado Sérgio Leocádio estava cotado para ser exonerado, mas a prefeita mudou de ideia. O PR, partido do deputado federal João Maia, foi mantido na Secretaria de Mobilidade Urbana, para onde será indicado o ex-presidente da Codern, Renato Fernandes.

Com as mudanças de hoje, a gestora da capital potiguar chega a média de exonerar um auxiliar de primeiro escalão a cada 22 dias. Em um ano e seis meses de gestão, foram 22 mudanças entre os cargos de secretário.

O dirigente do Partido Verde, Elias Nunes, que era secretário de Educação não deverá ficar de fora do Executivo. A prefeita poderá nomeá-lo para uma das diretorias da Agência Reguladora de Saneamento Básico. Já o PMDB, partido presidido pelo deputado federal Henrique Eduardo Alves, que se aliou para o pleito 2010 a Micarla de Sousa, poderá indicar o novo secretário municipal de Habitação.

Ainda perdura para chefe do Executiva a dúvida para a indicação na Secretaria Municipal de Saúde. O nome mais cotado é o do ex-secretário estadual de Planejamento, Vagner Araújo. No entanto, ele reluta em aceitar porque planeja ser candidato a deputado federal e, nesse caso, não poderia estar ocupando cargo no Executivo.

Nessa nova reforma a perfeita opta por uma “solução caseira” para a Secretaria de Tributação, onde ela irá promover o então adjunto André Macedo. Outro adjunto que será promovido é Alcedo Borges, que ocupará a Secretaria Municipal de Ação Social, de onde foi exonerada a irmã da prefeita, a empresária Rosy de Sousa.

Na Secretaria Municipal de Turismo, a gestora irá desacomodar o deputado federal Rogério Marinho, que havia indicado Francisco Soares Júnior. Depois de um ano e quatro meses na administração, o técnico deixa o cargo e cede lugar ao publicitário Tertuliano Pinheiro.

Após o anúncio, Micarla concederá entrevista coletiva à imprensa e, em seguida, coordenará uma reunião com todos os seus auxiliares, inclusive com os novos indicados.

Prefeitura regulariza situação

Ao contrário do que afirmou o líder da prefeita na Câmara Municipal de Natal (CMN), vereador Enildo Alves (PSB), ontem, a Prefeitura de Natal esteve por um período de um mês sem o Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP) e também incluída nos registro do Cadastro Informativo de Créditos (Cadin) – espécie de SPC e Serasa das prefeituras. Quem acessar o Sistema de Administração Financeira (Siafi), onde as informações estão expostas, pode constatar que somente ontem a PMN deixou de fazer parte do grupo inadimplente no Cadin. Sobre o CRP, a constatação da regularidade se faz por meio de um documento enviado pelo Executivo à TRIBUNA DO NORTE. Mas até o fechamento desta edição, no entanto, consta no Siafi ainda “situação irregular”.

O vereador Raniere Barbosa (PRB) disse que lamenta a atitude da prefeitura de não reconhecer os erros cometidos e, por consequência, “querer enganar a população”. Ele mostrou a documentação oficial da qual dispunha atestando as irregularidades da PMN e lembrou que o governo somente providenciou a regularização após denúncia da TRIBUNA DO NORTE e do próprio parlamentar, que apresentaria requerimento para convocar os secretários municipais responsáveis no intuito de explicarem a situação adversa e que, se não solucionada, ocasionaria transtornos de ordem de financeira, como o não repasse de recursos federais. O Ministério Público pediu explicações.

A defesa de Enildo Alves vai de encontro, ainda, ao que afirmou o presidente do Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município (Natalprev), Manoel Digézio da Costa, que admitiu estar a PMN sem a posse do CRP desde o último dia 23. Sobre os registros no Cadin, o secretário de Comunicação, Jean Valério, também admitiu a constatação, mas disse que foi “um erro dos Correios”, empresa responsável pela inserção da prefeitura no cadastro de inadimplência. Havia o registro do CNPJ de 12 Secretarias e o chamado CNPJ-mãe (da própria Prefeitura) na condição de irregulares. “Deve ter sido um erro porque algumas Secretarias sequer tinham relação com os Correios”, disse Jean Valério.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca