Sinsp cobra mais uma vez do Governo um calendário para pagamento dos salários atrasados

POR SINSP/RN, 31/01/2019

Nesta quarta-feira (30) o Sinsp, juntamente com Fórum Estadual dos Servidores, cobrou do Governo o pagamento dos salários atrasados de novembro e dezembro, bem como do 13º salário de 2017 e 2018. A cobrança foi feita em audiência com o Secretário Chefe de Gabinete Civil, Raimundo Alves e outros secretários do Estado.

Porém, o Governo não deu nenhuma perspectiva de quando vai acabar os atrasos dos salários dos ativos, aposentados e pensionistas, que diz não haver nenhuma definição, e, por isso, o Fórum solicitou ao Governo que apresente um calendário de pagamento dos salários atrasados até o dia 28 de fevereiro. Também nessa mesma linha de negociação, o Fórum pediu para que fosse apresentado um calendário de pagamento dos salários para o ano de 2019, até dia 5 de fevereiro, que ficou de analisar a proposta.

A ideia do executivo era manter o mesmo cronograma de antecipação feito em janeiro para o resto do ano. Que seria a antecipação dos 30% no dia 16 de cada mês e os outros 70% no último dia do mês. Porém, o SINSP só irá aceitar qualquer acordo, se nela existir o calendário do pagamento dos salários atrasados.

Com dinheiro em caixa o Governo do Estado se nega a pagar os salários atrasados

O pagamento dos salários atrasados, pode começar a ser pago através da sobra que existirá nos cofres públicos no mês de fevereiro, através da previsão positiva para a arrecadação do Estado. Porém, mesmo com o dinheiro em caixa, o Governo se nega a pagar esses salários.

O Sindicato da Administração Direta, SINSP, acabou de enviar um ofício destinado a Governadora Fátima Bezerra, solicitando que utilize as sobras dos recursos para iniciar o pagamento dos salários atrasados dos servidores públicos estaduais.

A presidente do Sindicato da Administração Direta, Jane Souto, afirma que os servidores não estão satisfeitos com essa situação. “O Estado terá repasse recorde de FPE, são quase 300 milhões. A gente vem para uma reunião com o Planejamento, a Casa Civil e a administração, para o Governo dizer que terá saldo porém não tem proposta de pagamento dos atrasados. O Governo está fazendo caixa com a fome do servidor. O Sinsp seguirá cobrando!!!”

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca