Trabalhadores em educação aprovam indicativo de greve para dia 14

Da Redação

Reunidos em assembléia na manhã desta quarta-feira (29), na EE. Winston Churchil, os trabalhadores em educação da rede estadual de ensino o indicativo de greve para o dia 14 de março.

Além da pauta de reivindicação os trabalhadores aprovaram que ano dia 14 de março, ás 14 horas, será realizada mais uma assembléia, ás 14 horas.

A pauta de reivindicação aprovada foi a seguinte:

1- Manter, como base salarial, a tabela de 2010, reivindicada pelo SINTE- RN, acrescentando o percentual de correção, tomando por base o índi- ce do custo aluno qualida- de anual do ensino funda- mental;
2- Implementação da tabela de salários dos(as) funcionários(as);
3- Correção nos salários dos funcionários com base no aumento do salário minimo mais ganho real cal- culado pelo DIEESE;
4- Revisão do plano de Carreira para garantir a aplicação da hora/atividade entre outros avanços que devemos conquistar com essa revisão;
5- Concessão imediata de licenças prêmios e Aposentadorias;
6 – Encaminhamento imediato para aprovação da assembleia Legislativa, o projeto de lei que trata dos portes das escolas e redimensiona as gratificações de Diretores e Vice-diretores;
7- Pagamento de todos os atrasados e assegurar que as gratificações pecuniárias e por títulos sejam pagas;
8-Criação de um plano de recuperação das escolas, para garantir as condições de trabalho;
10 – Construção, a partir de uma amplo debate, o Plano Estadual de Educação em vista das Diretrizes do Plano Nacional de Educa- ção (reivindicado há 10 anos consecutivos);
9-Encaminhamento do projeto de lei que modifica as eleições diretas para di-
reção das escolas, de acordo com o estabeleci- do por representantes da comunidade escolar no Fórum Estadual de Gestão Democrática;
10Criação de carteira profissional que permita desconto em eventos cul- turais, teatros e estádios entre outros (reivindicada há quatro anos consecuti- vos);
11-Vale-transporte e auxílio alimentar;
12Formação dos Funcionários do Estado na Escola de Governo, formação inicial e continuada, curso técnico e Pro-funcionário;
13-Concurso publico para funcionários em todos os níveis;
14-Criação de uma comissão de negociação com a participação da base;
15-Combate a terceirização na área dos funcionários da educação.

Os encaminhamentos da assembléia:

1 – Realização de assembleias em todas as regionais do Sinte;
2 – Participação de toda a categoria no ato político e cultural que será realizado no próximo dia 08. A atividade é promovida pelo Fórum dos Servidores e tem como objetivo a entrega da pauta de reivindicação das categorias, além de um pedido de audiência ao Governo. A concentração do evento será em frente à Secretaria de Agricultura, às 8h30;
3 – Mobilização nas escolas, Direds e na Seec;
4 – Denúncia da falta de compromisso do Governo com a Educação e com a valorização profissional. A ação será realizada nos bairros de Natal por meio de carro de som;
5 – Veiculação de anúncio na TV durante a semana da greve nacional.
6 – Realizar atividades em conjunto com a rede municipal que envolvam caminhada e panfletagem em todas as zonas da cidade durante a greve geral.

Se não negociar a greve vai acontecer!

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca