ESCOLA ESTADUAL GILNEY DE SOUZA EM SÃO MIGUEL COBRA PROVIDENCIAS

Etelvina Alves Barbosa, Coordenadora Pedagógica da Escola Estadual Gilney de Souza em São Miguel. Um dos problemas que nós estamos enfrentando agora na escola é referente ao pagamento do transporte escolar referente há vinte dias da greve do ano de 2009. Os vinte dias letivos da greve da rede estadual de ensino foram pagos em janeiro de 2010. E até agora não houve uma solução para o pagamento por parte da SEEC aos prestadores de serviços no caso o transporte escolar.

Outro grave problema que vivenciamos na escola é o pagamento que ainda não se efetivou das Horas Suplementares referentes ao ano de 2009 a dez professores da nossa escola.
Na verdade esses problemas se constituem em um conflito cotidiano que a gente não tem solução.

Exigimos que a SEEC tome providencias com relação a esses problemas.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca