Greve dos Servidores Municipais de Macaíba

DIREÇÃO DO SINTE SE SOLIDARIZA COM OS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MACAÍBA EM GREVE E REPUDIA AÇÃO DA PREFEITA MARÍLIA DIAS (PMDB)

A direção do SINTE foi até Macaíba para uma reunião com a direção do SISMAC e levar a solidariedade dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte aos Servidores Públicos Municipais da cidade de Macaíba. Estiveram presentes Janeayre Souto, Anselmo Pamplona, Larrúbia Tavares e Franci Gomes.

Para José de Alcântara Ramos Neto, diretor Administrativo do SISMAC – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Macaíba. Os servidores municipais de Macaíba deflagraram greve e nós estamos enfrentando muitas dificuldades na negociação com o poder pública municipal de nossa cidade. A prefeita Marília Dias (PMDB) se recusa a negociar com a categoria, alegando a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Na Secretaria Municipal de Educação, ela não esta pagando o qüinqüênio dos professores como manda a lei. Questionada pelo SISMAC a prefeita Marília Dias (PMDB) alega que não pode pagar os qüinqüênios do magistério por causa da Lei de Responsabilidade Fiscal.

A direção do SISMAC e todos os servidores municipais de Macaiba observam que a prefeita Marília Dias (PMDB) tem contratado bastante servidores, criado cargos comissionados na prefeitura. Só para citar um exemplo 95% das pessoas que trabalham na sede a Secretaria Municipal de Educação são cargos comissionados. Há mais de dez anos que não se realiza um concurso público para o município de Macaíba.

Não entendemos como é que ela não tem recursos para conceder um reajuste aos servidores municipais e tem uma prefeitura lotada de cargos comissionados. Solicitamos até que o Ministério Público investigue a situação da Folha de Pessoal aqui da cidade de Macaíba. Onde encontramos a maior parte da Folha de Pessoal voltada para pagamento de cargos comissionados.

Há mais de trinta dias foi deflagrada a greve, nesse período só aconteceu uma audiência com a prefeita de Macaíba Marília Dias (PMDB), onde ela se limitou a informar que a prefeitura não pode conceder o reajuste dos servidores.

A nossa indignação maior é por que nós estamos percebendo que o dinheiro público está servindo para bancar cabos eleitorais da prefeita Marília Dias (PMDB). Cito por exemplo, as diretoras e vice-diretoras das Escolas Municipais de Macaíba são todos cargos comissionados, cabos eleitorais nas nossas escolas desenvolvendo uma política partidária nas escolas e não educacional. Uma das reivindicações de nossa categoria é a Gestão Democrática nas Escolas da Rede Pública Municipal de Macaíba.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca