Política

 ÍNDIO, PORTA-VOZ AUTORIZADO E COMBINADO
Republico matéria do Blog do Zé, 26/07/2010

Confirma-se que vice é porta-voz de Serra… O que os jornais mostraram nos últimos 15 dias e mais o material trazido pelas revistas desta semana mostram que o candidato a vice-presidente da República pela coligação PSDB-DEM-PPS, deputado Índio da Costa (DEM-RJ) é mesmo o porta-voz autorizado e combinado do presidenciável da oposição, José Serra.

Com a virulência de suas declarações e a truculência das acusações contra os adversários, Índio revela-se um misto de bate-pau e língua de trapo, mas tudo feito de forma combinada e acompanhada pelo candidato Serra que, várias vezes já apoiou e até reiterou os absurdos levantados por seu vice.

Assim, aos poucos o caráter de Serra vai aparecendo. Sai do armário um político autoritário e vingativo, que usa e abusa do poder para perseguir adversários e punir críticos, principalmente jornalistas. A demissão de dois destes da TV Cultura (ligada ao governo do Estado), a do diretor de jornalismo, Gabriel Priolli Netto e a do apresentador do programa Roda Viva, Heródoto Barbeiro, só confirma que não é lenda a história de que Serra liga para editores e donos de jornais para pedir a cabeça de jornalistas.

Com as demissões na TV Cultura vai se confirmando, da pior maneira, que ele demite os próprios, os da televisão do Estado, o que dá bem uma ideia da ameaça que representa para a tão falada liberdade de imprensa. Lamentável, também, é que a conivência dos donos de jornais e da mídia em geral com esse comportamento do presidenciável tucano revela que não é real a defesa que fazem dessa liberdade.

Na verdade, usam-na para atacar o PT e o governo e defender os interesses comerciais e o monopólio político sobre a informação e a comunicação que detêm no país e querem preservar a qualquer custo.

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca