SINSP reitera defesa por Lockdown no RN

POR SINSP/RN, 04/072020

É lamentável a postura adotada pelo Governo do Estado diante da solicitação de ‘lockdown’, feita pelo Sindsaúde-RN e endossada por grande parte da população potiguar, mesmo ciente de que o Rio Grande do Norte tem um dos piores índices de isolamento social entre os estados do Nordeste. Não bastasse a situação de leitos na rede pública de saúde, em razão das vagas insuficientes para atender a população contaminada pelo novo coronavírus. 

A flexibilização do comércio para atividades não essenciais, mesmo que mais de mil e duzentas vidas já tenham sido perdidas no atual cenário, é um absurdo e total falta de responsabilidade e respeito diante de famílias enlutadas e diversos potiguares que têm cumprido o isolamento social. 

SAIBA MAIS

SINSP/RN apoia ‘Lockdown’ no Rio Grande do Norte

O SINSP reforça, mais uma vez, que vem acompanhando e é favorável aos esforços e encaminhamentos feitos pela Organização Mundial de Saúde e demais órgãos competentes no combate ao novo coronavírus, que já matou mais de 60 mil pessoas no Brasil.

Também reiteramos (até que se dê a devida atenção!) a necessidade de destinar mais recursos para a manutenção adequada dos hospitais públicos estaduais, a maioria superlotados, além da compra de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) que constantemente faltam nos espaços de saúde. São vários os profissionais de saúde, estando na linha de frente, que relatam o recebimento de máscaras inadequadas. 

Lockdown

Em português, ‘lockdown’ significa bloqueio total ou confinamento. O termo é usado durante a pandemia para determinar uma obrigação do distanciamento social. Ou seja, com o lockdown decretado, todas as pessoas devem ficar em casa, saindo apenas para cumprir questões essenciais.

Coronavírus no RN

Segundo os dados da Secretaria de Saúde estadual, 33.4214 pessoas foram infectadas e 1.1701 pessoas já morreram no estado.

Se puder, fique em casa!

error: Conteúdo protegido para cópia.
Menu e Busca